Antes de Arrow estrear sua quinta temporada, o produtor executivo Marc Guggenheim havia preparado o terreno para “grandes coisas” envolvendo Felicity Smoak, personagem de Emily Bett Rickards. Agora, após a trágica reviravolta no último episódio do ano, podemos lançar algumas teorias sobre o seu destino “sombrio”.

Spoilers se você não assistiu o episódio 5×09: Antes da série entrar na pausa de fim de ano, Oliver foi atrás de Prometheus e lançou diversas flechas no peito do possível vilão. No entanto, Oliver descobre que quem estava por trás do capuz era na verdade Billy Malone, namorado (agora ex) de Felicity. Em seguida, Oliver desabafa com a jornalista Susan Williams, que alguém do seu passado havia dito que ele arruinaria a vida de todos aqueles que entram em contato com ele, enquanto uma série de imagens dolorosas apresentam Felicity em prantos, assistindo ao noticiário sobre a morte de Billy.

Agora, seguindo para 25 de janeiro quando a série retorna, “Uma coisa que Felicity não vai fazer, e isso posso dizer com certeza, é culpar Oliver. Ela reconhece as manipulações que levaram a essa situação”, disse a produtora Wendy Mericle. “Seu coração ficou partido naquele último momento, para Oliver, Malone e para si mesma.”

E ao se tratar de dirigir a sua raiva, “Felicity colocou seu foco em Prometheus”, deixou claro Wendy. “Nesta temporada prometemos que vamos levá-la a um lugar mais sombrio, e você está vendo agora a razão que a levará a isso”.

E para esse extremo e perigoso caminho, Felicity “vai encontrar algumas pessoas que estão atreladas ao seu passado, mas também muito ligadas a este novo futuro que ela está contemplando”, ironiza Wendy, “e isso vai atraí-la para longe da equipe e vai levá-la a fazer algumas coisas que são moralmente questionáveis”.

Fonte: TV Line

Fonte das imagens: CW, Warner Bros TV. e CBS / Divulgação - Cortesia.