5 motivos que provam que a 2ª temporada de Arrow é a melhor até agora

Resolvemos pontuar alguns motivos que provam que a segunda temporada de Arrow é a melhor, até agora!

O melhor vilão de todos

A segunda temporada do drama de super-heróis da CW apresentou o Exterminador, que podemos considerar o melhor vilão da série. Sem contar que ele foi basicamente uma criação de Oliver. Não só na série, mas também nos quadrinhos, Exterminador é um grande vilão da DC Comics e o ator Manu Bennett conseguiu valorizar ainda mais o personagem em Arrow.

Flashbacks

Tivemos poderosos flashbacks que detalharam como Oliver foi forçado a injetar em seu aliado o soro Mirakuru para salvar sua vida, fazendo com que Slade Wilson enlouquecesse e vingar-se de Oliver por permitir que Shado morresse para que Sara Lance pudesse viver. Até a segunda temporada os flashbacks tinham bons enredos e não eram cansativos de acompanhar, o que foi decaindo a partir da terceira temporada.

Sara Lance e Roy Harper

A temporada foi toda construida para um confronto final entre Slade e Oliver com apostas muito reais, mas ao longo do caminho também foi trazendo Sara para o time como a atual Canário e também tivemos Roy Harper consolidando-se como o eventual vigilante Arsenal.

A morte de Moira Queen

Mesmo tendo perdido um grande amigo na primeira temporada, a segunda foi de fato a temporada que, finalmente, forçou Oliver a enfrentar a perda real com a morte de sua mãe nas mãos de Slade.

Oliver e Felicity

Arrow sempre pontuou em cima do romance entre Oliver e Felicity, no entanto, a segunda temporada conseguiu lidar de uma forma natural e com muita química. Felicity conseguia contagiar a todos com poucas palavras e foi uma personagem chave na base estrutural do nosso herói arqueiro.