Produtor explica saída de Willa Holland do elenco regular de Arrow

Após os acontecimentos do episódio 16 da sexta temporada, intitulado The Thanatos Guild, onde a equipe Arrow descobriu que existem mais três poços de Lázaro, Thea Queen decidiu que era sua responsabilidade encontrá-los e destruí-los. Essa foi a deixa que os produtores executivos de Arrow encontraram para justificar a saída de Willa Holland da série, que já havia manifestado interesse de deixar a produção a fim de dedicar-se a outros projetos.

O site de notícias norte-americano TV Line, conversou com o produtor executivo Marc Guggenheim sobre a saída da atriz do elenco regular.

Há quanto tempo isso está em planejamento, sobre escrever a saída da Willa?

No final da quarta temporada, Willa expressou o seu desejo de reduzir o seu compromisso com a série e isso foi veio com a indicação de que era provável que ela não quisesse renovar seu contrato após a sexta temporada. Então, nós meio que sabíamos que sua saída aconteceria a qualquer momento. Conversamos com Willa no início da sexta temporada e ela disse que não havia mudado de ideia, que ainda estava interessada em seguir em frente.

Em que parte foi difícil para você, ao considerar remover uma parte importante da família de Oliver?

Além de não ter a chance de trabalhar com Willa, esse foi provavelmente o aspecto mais doloroso, porque quando adaptamos a história em quadrinhos do Arqueiro Verde ao live-action, uma das primeiras e maiores mudanças que fizemos foi dar a Oliver uma família. Nos quadrinhos, ele não tinha irmãos e seus pais estavam mortos. Este foi um relacionamento significativo para ele e também, acredito eu, um dos elementos mais eficazes da série.

A relação entre Stephen e Willa na câmera sempre foi maravilhosa. Mas apesar de termos entrado na temporada sabendo que ele estaria perdendo esse relacionamento, também sabíamos que estaria ganhando uma esposa e um filho. E enquanto faríamos o melhor possível para não substituir o relacionamento com Thea, queríamos manter um elemento familiar em sua vida.

O que Colton Haynes precisou ouvir para aceitar voltar em mais um episódio da série?

Eu me topei com Colton em um evento da FOX e antes mesmo de começarmos a conversar ele expressou o desejo de volta a série, por ele tinha uma lacuna de tempo livre. E eu estava tipo, “na verdade, isso vai funcionar muito bem!”.

Funcionou muito, muito bem, porque sempre soubemos que, em um munto perfeito, a saída de Thea da série envolveria Roy de alguma forma. Roy tem sido uma parte tão importante de sua história, que o retorno de Colton foi uma circunstância fortuita.

Sabendo que Willa estaria saindo, enquanto a temporada se desdobrava, cheguei a especular que você poderia “matar dois coelhos com uma só cajadada” e mandar William embora com a tia Thea. Isso ajudaria a aliviar as preocupações de Oliver sobre o retorno ao seu papel como Arqueiro Verde.

Isso é interessante. Mas nós nunca falamos sobre isso. Francamente, em muitos aspectos, esta temporada trata da remoção de todas as estruturas e sistemas de suporte que criamos para Oliver ao longo da 5ª temporada. Até certo ponto, podemos resumir e descrever cada temporada de Arrow como “Oliver é passado por algum tipo de moedor de carne. ‘Passamos a 5ª temporada construindo a equipe e realmente mergulhando com Felicity e dando a eles um filho, e nesse ano muitas dessas estruturas de suporte vão embora, e é isso que constitui a sexta temporada’, moedor de carne.” A ideia de mandar William embora com Thea nunca nos ocorreu.

Fora Oliver, Lance será o mais afetado pela partida de Thea Queen?

Boa pergunta. Nós realmente não tivemos a chance de contar muita história sobre Lance se despedindo de Thea. Eu acho que eles tiveram muitos momentos de encerramento emocional e precoce no início da temporada. Verdade seja dita, é muito focado em Oliver. Como eu disse, esse foi um dos principais relacionamentos e as primeiras invenções que fizemos e foi muito importante para nós não distrairmos do que Oliver estava passando.

Oliver, no entanto, deu a Thea sua bênção.

Sim, na verdade, no episódio que precedeu, Oliver planta a ideia em sua cabeça. Ele basicamente diz: “Olha, se você está me dizendo que só foi feliz com Roy, então deveria ir com ele”.

Essa foi uma ótima cena. Muito emotiva.

Eles eram maravilhosos. Novamente, essa é uma das coisas mais difíceis sobre o assunto – Stephen e Willa estão sempre ótimos juntos. Suas cenas são sempre ótimas cenas. Ao mesmo tempo, somos muito transparentes sobre isso – “Esse é o tipo de coisa que acontece quando você passa das cinco temporadas”. As pessoas começam a chegar ao final de seus contratos. As pessoas começam a pensar em outras oportunidades. Eles querem esticar as pernas criativamente em direções diferentes. Esta é uma realidade tão antiga quanto a própria televisão. Então, você só quer que todos gostem.

Honestamente, a cena final em particular com Stephen e Willa é maravilhosa. Stephen realmente teve uma ótima ideia para fazer essa cena evocar a reunião de Oliver e Thea no piloto (relmebre no vídeo abaixo), então há uma sensação maravilhosa de que tudo está conectado.