Mia Smoak e os demais filhos dos heróis poderiam carregar o legado de Arrow?

Arrow pode ter renovado seu enredo este ano com a inclusão dos flash-forwards, mas isso não impediu a CW de anunciar que a 8ª temporada será a última da série, com apenas 10 episódios.

Não é tão chocante que a série que fundou o Arrowverse tenha chegado ao fim do seu ciclo, considerando que a maioria das séries da CW não passam da 8ª temporada atualmente. Nem toda série consegue ser Sobrenatural, com 14 temporadas e sem sinais de uma conclusão.

E em retrospecto, Arrow já perdeu Colton Haynes (Roy) – embora ele tenha voltado para algumas cenas, Willa Holland (Thea), Paul Blackthorne (detetive Lance) e agora Echo Kellum (Curtis). Era apenas uma questão de tempo até que um membro do Time Original – Oliver (Stephen Amell), Diggle (David Ramsey) ou Felicity (Emily Bett Rickards) – decidisse que era hora de sair, e é por isso que estamos agradecidos que a série está terminando com seu elenco principal ainda intacto.

Felizmente para os fãs que não estão prontos para deixar a série ir, o Arrowverse tem alguns gênios trabalhando duro para desenvolver essas séries, e é possível que eles já tenham construído um plano para as histórias de alguns personagens continuarem depois da 8ª temporada.

Além de avançar 20 anos no futuro, a 7ª temporada apresentou versões adultas de William (Ben Lewis), da filha de Rene (Zoey Sixtos), e até da filha de Oliver e Felicity, Mia (Katherine McNamara). O mais surpreendente de tudo é que o programa apresentou uma versão adulta de Connor Hawke (Joseph David Jones), que acabou sendo o filho adotivo de John Diggle.

The Flash até apresentou a filha de Barry Allen (Grant Gustin), Nora (Jessica Parker Kennedy), do futuro, que poderia e provavelmente deveria ser adicionada a essa pequena super-equipe do futuro. Com um grupo completo de cinco vigilantes, todos com suas próprias especialidades e habilidades, um spin-off da próxima geração do Arrowverse parece mais do que possível.

O presidente da CW, Mark Pedowitz, falou sobre a possibilidade desse tipo de série na Associação de Críticos de Televisão, dizendo: “Sabe de uma coisa, estamos procurando o que funciona. O bom de ter esse Arrowverse é a quantidade de personagens, e se algo aparecer você tem a capacidade de estendê-lo. Então sim, nós pensamos nisso o tempo todo.”

Este debate é um pouco prematuro, dado que Arrow ainda tem o resto da 7ª temporada para finalizar e uma 8ª temporada mais curta, mas é uma boa ideia para refletirmos sobre como a CW continuará a desenvolver as histórias da DC sem sua série principal.

A 7ª temporada de Arrow está sendo exibida na CW às segundas, e na Warner Brasil aos domingos, com reprise às quintas.

Via: TV Guide